Histórico

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo:

a história em fatos e fotos

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) é reconhecida pelo seu pioneirismo e excelência, nos âmbitos de ensino, pesquisa e extensão universitária. A Instituição investe em modernização, inovação tecnológica e plataforma educacional, além de firmar parcerias com a iniciativa privada e expandir o processo de internacionalização para ser um centro educacional de referência no mundo.

Para saber como tudo começou e conhecer os avanços até os dias atuais, clique nas datas em destaque.

1895

Surge a primeira associação de médicos do Estado de São Paulo, a Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo, presidida por Pereira Barreto.

1912

É assinado o decreto de criação da Faculdade de Medicina e Cirurgia de São Paulo.

1913

Arnaldo Vieira de Carvalho, então diretor clínico da Santa Casa de Misericórdia, assume a direção da Faculdade.

Em abril, acontece a aula inaugural da Faculdade, que funciona em instalações cedidas pela Escola de Comércio Álvares Penteado.

1914

A Faculdade é transferida para a Rua Brigadeiro Tobias, onde permanece até 1931.

1919

Forma-se a primeira turma, composta por 27 médicos, entre os quais duas mulheres.

1920

Lançamento da pedra fundamental do edifício sede, em 25 de janeiro, em frente ao Cemitério do Araçá.

1928

Tem início a construção do prédio principal, com apoio da Fundação Rockefeller, que patrocina a introdução de novos padrões de ensino e pesquisa.

1931

Término da construção e inauguração do prédio central.                               

1934

A Faculdade de Medicina é integrada à Universidade de São Paulo (USP).                               

1944

É inaugurado o Hospital das Clínicas, onde as disciplinas clínicas passam a ser ministradas.                    

1951

A FMUSP recebeu, do Conselho Executivo da Associação Médica Americana, o título de padrão "A", colocando-a entre as 15 maiores faculdades de medicina do mundo.

1965

É realizado o primeiro transplante de rim da América Latina, no Hospital das Clínicas da FMUSP.

1968

Foi realizado, no Hospital das Clínicas da FMUSP, o primeiro transplante de coração.

1975

É criado o Laboratório de Investigação Médica (LIMs) do Hospital das Clínicas da FMUSP.

1990 a 2000

Ocorrem inúmeros procedimentos clínicos e cirúrgicos pioneiros, entre os quais destacamos o nascimento do primeiro bebê de proveta em hospital público do país; o primeiro implante coclear do Brasil em paciente com surdez profunda; e o transplante cardíaco no mais jovem paciente brasileiro, um bebê de 20 dias.

2011

A FMUSP passa a ser a primeira escola médica da América do Sul a integrar a M8 Alliance, rede global de instituições acadêmicas de excelência em ensino e pesquisa.

2015

A FMUSP promove, pela primeira vez, o Winter School, reunindo alunos brasileiros e estrangeiros para um programa, em inglês, de duas semanas de atividades educacionais em diferentes áreas.

2017

A Association of Academic Health Centers International (AAHCI), braço internacional da Association of Academic Health Centers (AAHC), com sede em Washington (EUA), inaugura no dia 10 de julho, o escritório regional para América Latina e Caribe (LAC), representada pela FMUSP.